Originalidade: Artesãos do Alto Solimões exibem produtos com incentivo à Identidade Cultural dos Povos Tradicionais

O Sebrae-AM estima que os negócios tenham gerado uma renda de aproximadamente R$ 65 mil, proporcionando visibilidade e valorização do mercado.

Por ASN Amazonas

Fruto do Programa Cidade Empreendedora em parceria com as prefeituras de Atalaia do Norte e Benjamin Constant, um conjunto de ações promovido pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae-AM) reuniu mais de 100 artesãos, entre os dias 04 e 06 de junho, para a exposição de artesanatos indígenas nos respectivos municípios. A estimativa é que durante os encontros, a compra e venda dos produtos tenham injetado aproximadamente R$ 65 mil na região.

No município de Benjamin, o Sebrae também atuou em parceria com o governo do estado, através da Secretaria Executiva do Trabalho e Empreendedorismo (SETEMP), auxiliando na realização da 2ª Feira das Artes Indígenas. Em Atalaia do Norte, durante o 2ª Encontro de Negócios, os agentes da instituição formaram rodadas de negócios, consultorias e orientações para os empreendedores do Alto Solimões.

2ªFeira das Artes Indígenas em Benjamin Constant.

Segundo a analista do Sebrae Amazonas, Lilian Simões, a parceria com os eventos regionais destaca a importância do artesanato indígena e das comunidades ribeirinhas do Alto Solimões para a instituição, além de incentivar a valorização das técnicas artesanais tradicionais.

“São artesãos que fazem uso de matérias-primas sustentáveis e técnicas de produção que respeitam o meio ambiente e que recebem esse apoio do Sebrae para as práticas de manejo sustentável dos recursos naturais utilizados na produção artesanal, por isso nosso propósito é prepará-los para melhorar seus produtos para que acessem novos mercados e engrandeçam esse segmento”, disse Lilian.

2ºEncontro de Negócios Atalaia do Norte.

O representante de 26 etnias da União dos Povos Indígenas do Vale do Javari (Univaja), Bushe Matis, ressaltou a importância da realização de mais eventos que promovam a negociação dos produtos indígenas. “Os povos da região tiveram a oportunidade de serem reconhecidos pela originalidade dos seus produtos, pela sua obra e pela cultura. Nós não vendemos artesanatos, pois eles não possuem preço, eles possuem um valor. As peças não são vendidas em massa, cada uma tem um significado específico”, frisou Bushe.

Vencedora do Prêmio Top 100 dos Artesanatos em Benjamin Constant, Rosa Chota.

Uma das vencedoras do Prêmio TOP 100 de Artesanato em Benjamin Constant, Rosa Chota, reiterou a relevância do espaço para os artesãos do município. “São eventos como esse que levam nosso trabalho para ser conhecido em outros lugares, então eu sou muito grata, até mesmo pelos meus colegas de profissão, porque eles também puderam ganhar um retorno financeiro para ajudar na renda familiar”.

O Sebrae Amazonas atua no desenvolvimento do artesanato na região há cerca de 16 anos, por meio do Escritório Regional de Tabatinga, que atende outros 7 municípios das proximidades.

Sebrae – Bioeconomia

O Sebrae-AM busca fortalecer a competitividade e a sustentabilidade dos pequenos negócios da cadeia da bioeconomia e biocosméticos no Amazonas, com ênfase na produção de insumos de base florestal, através da melhoria da qualificação profissional, no uso de tecnologias adequadas a produção, beneficiamento, com foco na gestão, inovação e mercado.

As iniciativas e programas voltados para o setor de artesanato contam com cursos e workshops, a fim de capacitar os artesãos em técnicas artesanais, gestão de negócios, marketing e vendas. Outros serviços como consultorias personalizadas também são oferecidos com o intuito de melhorar a qualidade dos produtos, otimizar processos de produção e desenvolver estratégias de mercado. O Sebrae também organiza e apoia a participação de artesãos em feiras e exposições locais, nacionais e internacionais, proporcionando visibilidade e oportunidades de negócio.

Cidade Empreendedora 

O Programa Cidade Empreendedora é uma iniciativa do Sebrae para o gestor público que quer direcionar, acelerar e sustentar o processo de desenvolvimento socioeconômico do seu município. Numa Cidade Empreendedora todos têm oportunidades equivalentes, e ainda fazem parte das soluções.

Assessoria de Imprensa Sebrae Amazonas 

Participe do nosso grupo no Whatsapp e seja o primeiro a receber as notícias do blog ThomazRural!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Participe do nosso grupo no Whatsapp e seja o primeiro a receber as notícias do blog ThomazRural!


%d blogueiros gostam disto: