Lá vem de novo…até quando?

Continua após a publicidade..

Opinião:

Lá vem, mais uma vez, perseguição ao modelo econômico mais forte do Amazonas, o PIM/ZFM. Como nossas autoridades, em 56 anos, esqueceram de criar alternativas econômicas para ajudar o modelo do PIM/ZFM, incluindo nosso AGRO, se enfraquecer o atual modelo, o Amazonas vira um caos, porque qualquer transição leva muito tempo. A tal bioeconomia, e o crédito de carbono, como afirmou o governador Wilson Lima em evento na própria FIEAM, “é coisa para outra geração”.

Continua após a publicidade..

Nossos doutores em clima e ambiente que mandam no estado desde 2003 não conseguiram colocar um centavo dos trilhões anuais que vale a floresta em pé em nosso bolso. Foram e continuam sendo incompetentes. Só muito papo, jogando sempre a solução ao nosso povo sofrido para o futuro, à interiorização da economia só no futuro, apesar dos bilhões recebidos pelo Estado e por ONGs. Só a FAS recebeu 400 milhões em 14 anos, e começou sua atividade com 20 milhões do Estado.

Duas décadas sem CNPJ o CBA, duas décadas sem ZEE, que deveria ter sido prioridade no Amazonas preservado em razão de ser uma política ambiental. O Serafim Correa e sua equipe tentando tocar o ZEE, mas de pires na mão atrás de recurso financeiro, ninguém liga, mas vejo notícias de que bilhões e bilhões de países estão vindo para o Brasil.

Os estados vizinhos crescem com o mesmo código florestal, e por aqui tudo travado com o mesmo código florestal. Empreendedores sendo exportados, e a nossa ZFM/PIM constantemente atacada. Pelo que vejo na imprensa, já vem mais ataques por aí, agora na Câmara. Já falam em retirar exceções incluídas no senado.

Continua após a publicidade..

Em síntese, nosso modelo PIM/ZFM sempre atacado, nenhum centavo em nosso bolso pela floresta em pé e novos empreendimentos travados por questões ambientais, por não ter ZEE.

E nosso AGRO, que é a verdadeira opção de alternativa para interiorizar a economia travado por questões ambientais, licenciamento, regularização fundiária e por aí vai.

Ou acordamos, ou vamos continuar deitados eternamente em berço esplêndido, mas com 60% sem ter o que comer, segundo dados recentes do IBGE/2022.

Continua após a publicidade..

E quem esquentou o planeta, Estados Unidos, China (cujos presidentes nem apareceram na COP) e Europa continuam poluindo usando combustíveis fósseis. E nossos doutores em clima e ambiente nem tocam nisso, só falam em desmatamento, bioeconomia, queimadas e travando a produção rural.

Não perco a esperança, mas passa por nós, eleitores!

THOMAZ RURAL

Continua após a publicidade..

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



%d blogueiros gostam disto: