Secretário da SEMA, presidente do IBAMA e satélite da NASA confirmam que a atual fumaça no AM vem do Pará

Continua após a publicidade..

Opinião:

O deputado federal Sidney Leite errou quando disse na mídia que a fumaça NÃO era do Pará. Lógico que tem no Amazonas, mas as fotos de satélite tem mostrado que, de fato, atualmente estão vindo de outros estados. No vídeo abaixo, além do secretário de meio ambiente do Amazonas, o presidente do IBAMA esclarece bem a situação do nosso Estado.

Continua após a publicidade..

Meu papel é procurar a verdade porque quase sempre quando falam em queimadas e desmatamento a responsabilidade cai no colo do produtor rural do Brasil e do estado que tem 97% de florestas intactas e necessitando, urgente, de produzir alimentos respeitando a ciência da EMBRAPA e da ACADEMIA. Temos que produzir alimentos, em tempos crise a primeira coisa que some é a comida. Cada local segura a sua produção para atender o seu povo, não esqueçam disso e, portanto, destravem o Amazonas.

Se o produtos errou, tem que aplicar a legislação respeitando o direito de defesa, desde o muito pequeno até o grande.

Não é preciso ser especialistas para interpretar a imagem da NASA, do INPE com os pontos vermelhos.

Continua após a publicidade..

Hoje, minutos atrás, vi que o estado anunciou a presença permanente do corpo de bombeiros em 21 municípios. Perfeito! É nessa direção que deve ir todo o dinheiro que vem de fora, estruturar os órgãos públicos para combater queimadas, e não ONGs para combater queimadas. Aceito a presença de ONGs, após a CPI separar o joio do trigo, para ajudar (com metas) na inclusão da população nas políticas públicas que já existem sem inventar a roda. PGPMBio é uma delas.

THOMAZ RURAL

https://deamazonia.com/2023/11/08/mapa-da-nasa-mostra-que-fumaca-que-atinge-manaus-e-de-queimadas-no-para/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



%d blogueiros gostam disto: