Peixe Ornamental no foco do “Cidade Empreendedora” do SEBRAE-AM

Continua após a publicidade..

Cidade Empreendedora planeja retomada da cadeia produtiva de peixe ornamental para o município de Santa Isabel do Rio Negro

Diversas ações do programa estão sendo planejadas e executadas focadas no comércio, vendas e manejo de peixe ornamental

Continua após a publicidade..

O Cidade Empreendedora, programa executado pela Prefeitura de Santa Isabel do Rio Negro e pelo Sebrae Amazonas, planeja uma série de ações voltadas para a retomada da cadeia produtiva de peixe ornamental, que já foi a principal atividade econômica da região.

Segundo dados do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA), o Amazonas já atingiu cerca de 80% das exportações brasileiras de peixes ornamentais. A atividade é particularmente significativa para as comunidades ribeirinhas, que encontram na criação e venda de peixes ornamentais uma fonte de renda importante.

Para o setor de peixes ornamentais, o programa alinha ações que serão voltadas para o marketing, comércio e vendas de peixe ornamental, por meio da primeira Feira Internacional do Peixe Ornamental, que acontecerá no mês de novembro; boas práticas de manejo pós captura do peixe ornamental; missão caravana do peixe ornamental; boas práticas no cultivo de peixe com adoção de tecnologia.

Continua após a publicidade..

Para o superintendente substituto do Ministério de Agricultura e Pecuária no Amazonas (MAPA), Vinícius Lopes, a retomada da cadeira produtiva de peixe ornamental vai impactar diretamente no desenvolvimento socioeconômico e ambiental do município. “A retomada da produção de peixes ornamentais terá um impacto direto na economia local, gerando empregos e renda para a população. Além disso, a atividade pode atuar como uma forma de preservação dos recursos naturais da região”, comenta Lopes.

As primeiras ações do programa para o setor iniciaram no início do mês de junho, com o curso de manejo do peixe ornamental pós-captura, em parceria com a Ornapesca e Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas (IDAM), além da primeira reunião de alinhamento para o planejamento da primeira Feira Internacional de Peixe Ornamental, que aconteceu no mês de agosto. As atividades trabalham em conjunto com a Feira, assim o programa fornece suporte técnico, capacitação e estímulo ao empreendedorismo.

Lopes ainda pontua que muito mais que o incentivo, o programa, em parceria com a Prefeitura de Santa Isabel do Rio Negro e com o apoio do MAPA, tem o objetivo de informar a importância e os desdobramentos da retomada da produção de peixes ornamentais. “Além de alertar sobre a necessidade de cuidados ambientais e discutir os incentivos governamentais e os desafios enfrentados pelos produtores, queremos mudar a realidade da população do município”, pontua o superintendente substituto.

Continua após a publicidade..

O programa atuará na capacitação e consultoria técnica, abordando temas como manejo adequado dos peixes, boas práticas de criação, controle de qualidade, logística e comercialização. Com o aprimoramento das técnicas de produção, é possível elevar a qualidade dos peixes e aumentar a competitividade no mercado.

Assim como a identificação de novos mercados, por meio de estudos de mercado e análise de demanda; incentivo à sustentabilidade, com a adoção de práticas sustentáveis, estimulando a sustentabilidade ambiental e a preservação da fauna e flora aquática.

A retomada da atividade de peixe ornamental também contribui para a educação ambiental e a conscientização da população sobre a importância da conservação da biodiversidade, assim explica o Gerente de Empreendedorismo no Interior do Sebrae/AM, José Antonio Cardoso Fonseca. “Com o programa e suas atividades para o setor, as comunidades locais podem aprender sobre a importância da criação de peixes ornamentais como comentador de renda, de negócios, assim como a necessidade de proteger a biodiversidade para garantir o futuro”, elucida o gerente.

Continua após a publicidade..

Ações do Cidade Empreendedora – Com pouco mais de 3 meses de atuação do Cidade Empreendedora no município de Santa Isabel do Rio Negro, o programa já realizou ação de crédito, curso de eletricista, panificação, cozinha regional, garçom, beneficiamento da farinha e seus derivados, gestão de pessoas, encanador e outros.

Além das atividades planejadas para a retomada da cadeira produtiva de peixe ornamental, ainda estão previstos para o mês de setembro e outubro cursos de fotografia para mídias digitais, marketing digital, curso de barbeiro básico e avançado, chamada pública e leis de licitação, consultoria em turismo, mecânica de motor de 2T e curso de boas práticas na pesca esportiva.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



%d blogueiros gostam disto: