Sinésio recebe pedido para agilizar o ZEE do Amazonas

Continua após a publicidade..

Opinião:

Antes tarde do que nunca, felizmente um deputado estadual de vários mandatos finalmente entende e se compromete a agilizar o ZEE. Adianto que a SEDECTI vai dizer que não tem recurso para fazer o ZEE. Contudo, informo ao deputado que o banco alemão está destinando R$ 78 milhões para a FAS operar o FUNDO FLORESTA.

Continua após a publicidade..

Novela de 20 anos deputado Sinésio!

Será que agora vai? Já estamos chegando a 60% sem ter o que comer no Amazonas, o ZEE é uma política ambiental ignorada pela área ambiental do Estado. Em 2021 a SEMA passou a bola para a SEDECTI.

THOMAZ RURAL

Continua após a publicidade..

https://www.noticiasdahora.com.br/politica/omar-nunes-entrega-plano-de-trabalho-do-zoneamento-ecologico-economico-do-amazonas-para-o-deputado-sinesio-campos.html?fbclid=IwAR0Z7IB4gh_CGMD7mKy9JBtSx2cE2Le97UYhwMY3GDrxmqgIdqMvtG5-GFY

Abud Mamed 04 Setembro 2023

Em mais uma ação de sua agenda na capital Manaus, o pauiniense Omar Nunes entregou nas mãos do Deputado Estadual, Sinésio Campos (PT) um plano de trabalho para avanço do Zoneamento Ecológico Econômico do Amazonas, a pedido da Empresa Brasileira de Pesquisas Agropecuárias (EMBRAPA) do Acre.

Continua após a publicidade..

Estiveram presentes no ato, o Prefeito de Urucurituba, José Claudenor, popular Sabugo e o candidato a presidência do Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura, Alisson Leão, que participaram por estarem também preocupados com esta pauta.

Sinésio Campos antecipa que irá dar entrada junto a SEDECTI – Secretaria de Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação, e assim adiantar de forma progressiva esta questão, principalmente a econômica, que contará com apoio irrestrito de sua base parlamentar.

Zoneamento Ecológico Econômico o que é

Continua após a publicidade..

Trata-se de um instrumento de planejamento e gestão do território, que tem como objetivo orientar o desenvolvimento ambiental, social e econômico do estado, considerando suas potencialidades e vulnerabilidades naturais e socioeconômicas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



%d blogueiros gostam disto: