Fazenda Santa Rosa faz doação de 1,2 toneladas de laranja ao programa estadual de desperdício de alimentos do Estado/SEPROR

MANAUS – Com objetivo de combater o desperdício de alimentos, a Secretaria de Estado de Produção Rural (Sepror), distribuiu aproximadamente 1,2 toneladas de laranjas para três instituições socioassistenciais cadastradas que atendem famílias em situação de vulnerabilidade social e nutricional.

A ação solidária ocorreu, nesta quarta-feira (16/08), e teve um impacto positivo na vida daqueles que enfrentam desafios diários para garantir refeições adequadas.

A iniciativa coordenada pelo Programa Estadual de Combate ao Desperdício e à Perda de Alimentos (PCODEPA), recolheu, na terça-feira (15/08), aproximadamente 1,2 toneladas de laranjas que seriam descartadas por questões estéticas ou comerciais.

As laranjas foram coletadas na Fazenda Santa Rosa, localizada na rodovia AM-070, quilômetro 12, no ramal do Caldeirão, quilômetro 05, em Iranduba, (a 27 quilômetros de Manaus). A parceria entre o programa e a fazenda demonstra uma abordagem inovadora e sustentável para lidar com o desperdício.

Felipe Miranda, coordenador do PCODEPA, ressaltou a importância de ações como essa para fortalecer a segurança alimentar da população mais carente. “Nossa intenção é aproveitar ao máximo os recursos disponíveis, evitando o desperdício e contribuindo para a nutrição das famílias,” afirmou Felipe, destacando a missão humanitária por trás dessa iniciativa.

Entre as instituições beneficiadas nesta ação está a Associação Flor de Liz, presidida por Adalberto Gomes. Para ele, “mais uma vez, a participação da Sepror permitirá apoiar todos os seus 86 associados da terceira idade, com uma considerável melhoria alimentar, a exemplo do que tem acontecido sempre que buscamos apoio”.

Fazenda Santa Rosa

A Fazenda Santa Rosa, conhecida por suas plantações de laranjas de alta qualidade, tornou-se a mais recente parceira do Programa. O proprietário da Fazenda Santa Rosa, Ediney Marques, ressaltou que não se sentia bem ao deixar que essas laranjas, que não atendem aos padrões de consumo do mercado, apodrecessem no chão, “Estamos trabalhando em conjunto para garantir que elas cheguem a quem mais precisa. O desperdício de alimentos é uma preocupação global, e iniciativas locais como essa fazem toda a diferença,” disse o proprietário.

Para ampliar o impacto positivo, o PCODEPA e a Fazenda Santa Rosa planejam estender a colaboração até o final da safra, que vai até o final do mês de agosto. A previsão é que durante esse período, sejam recolhidas aproximadamente 6 toneladas do fruto que serão entregues às instituições cadastradas.

Fonte: Secom Amazonas

Participe do nosso grupo no Whatsapp e seja o primeiro a receber as notícias do blog ThomazRural!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Participe do nosso grupo no Whatsapp e seja o primeiro a receber as notícias do blog ThomazRural!


%d blogueiros gostam disto: