10º Prêmio Sebrae de Jornalismo anuncia vencedores da etapa estadual no AM

Continua após a publicidade..

10º Prêmio Sebrae de Jornalismo anuncia vencedores da etapa estadual no AM
Trabalhos melhor avaliados nas categorias texto, vídeo e fotojornalismo foram reconhecidos na noite desta terça-feira, 15/8

A noite desta terça-feira, 15/8, foi marcada pela cerimônia da etapa estadual do Prêmio Sebrae de Jornalismo, que ocorreu na sede do Sebrae Amazonas. Este ano, os vencedores nas categorias foto, texto e vídeo foram os profissionais Luzimar Bessa Pinto, do Portal D24am, Luana Carvalho, do Jornal A Crítica, e Matheus Morais Sena, da Rede Amazônica.
Na décima edição da premiação, foram agraciadas as matérias que apresentaram temas relacionados ao universo do empreendedorismo no Brasil, tais como produtividade e competividade, inovação e startups, inclusão produtiva e sustentabilidade, transformação digital, políticas públicas e legislação, acesso a crédito e empreendedorismo social, com o tema central “A contribuição dos pequenos negócios para o desenvolvimento econômico e social do país”.
Os conteúdos jornalísticos inscritos foram veiculados de 1º de julho de 2022 a 4 de junho de 2023. No total, foram 33 trabalhos inscritos, sendo 15 na categoria jornalismo em vídeo, 14 na de jornalismo em texto e 4 em fotojornalismo. O júri foi composto pelo jornalista Antonio Ximenes, o jornalista e assessor de imprensa Bruno Tadeu, e o presidente do Sindicato dos Jornalistas no Amazonas, Wilson Reis.
Luzimar Bessa Pinto levou o prêmio na categoria ‘foto’ com o trabalho ‘Negócios na rua realizam sonhos e garantem o sustento de empreendedores no AM’, publicado pelo Portal D24am. “Agradeço ao Sebrae, agradeço a todo mundo e agradeço à diretoria por ter dado oportunidade para gente. Parabéns a todos. Jornalismo é vencedor sempre”, comentou Luzimar.
Na categoria ‘texto’, Luana Carvalho foi premiada pela reportagem ‘O Agro é delas’, publicada pelo Jornal A Crítica. Ela ressaltou a importância dos incentivos que premiações como o Prêmio Sebrae de Jornalismo traz para os profissionais da área e lembrou das lideranças femininas entrevistadas em seu material vencedor: “Foi muito especial ter escrito esta matéria por conta dessas mulheres. Eu dedico este prêmio a elas também”, agradeceu.
Já na categoria ‘vídeo’, o produtor Matheus Morais Sena foi premiado pela reportagem ‘Empreendedorismo Feminino’, publicado pela Rede Amazônica. “Quero muito agradecer a parceria. Vocês sempre estão conosco, apoiando, sendo a base para que a gente ajude a desenvolver a nossa cidade, nosso estado”, destacou Andrezza Lifsitch, gerente de jornalismo da Rede Amazônica.
O evento contou com a presença da diretoria executiva do Sebrae Amazonas, representada pela diretora superintendente, Ananda Carvalho, que destacou o caráter empreendedor dos concorrentes na elaboração das reportagens. “Cada trabalho é um empreendimento, uma solução que chega na mão do nosso cliente. Temos parceiros da imprensa que são clientes nossos, com muita alegria”, declarou.
A diretora administrativa e financeira da instituição, Adrianne Antony saudou os jornalistas pelos trabalhos apresentados. “Jornalismo livre é sinal de sociedade madura, é sinal de democracia. Mantenham vivo esse trabalho porque vocês são sim transformadores da sociedade”, disse aos participantes.
Representando o Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado do Amazonas, a vice-presidente Ed Blair comentou sobre o papel do jornalismo empreendedor. “A gente fica feliz de ver essa nova geração apostando no empreendedorismo. Nos últimos anos, foram os nossos colegas que empreenderam e salvaram a vida profissional de vários colegas jornalistas”, observou.
Além dos primeiros colocados, foram anunciados os vencedores do 2º e 3º lugar de cada categoria. Entre os premiados da categoria ‘foto’, o registro da fotógrafa Jeiza Russo na reportagem ‘Sem crise e sem preconceito’, publicado pelo Jornal e Portal A Crítica, e o vencedor da edição anterior, Ricardo Oliveira, com a imagem da matéria ‘Lutheria social: escola ensina arte para comunidade da periferia de Manaus’, publicado pela Revista Cenarium.
Na categoria ‘texto’, completaram o pódio, respectivamente, a repórter Werica Lima, com a reportagem ‘Como o mercado de trabalho exclui as pessoas trans’, publicada pelo Amazônia Real, e a repórter Simone de Souza Lima, com a reportagem ‘Negócios na rua’ realizam sonhos e garantem o sustento de empreendedores no AM’, publicada pelo Portal D24am.
Na categoria ‘vídeo’, o segundo lugar foi para Larissa Silva, com a reportagem ‘Comunidade Trans e o Mercado de Trabalho’, publicada pela A Crítica, e o terceiro também para Matheus Morais Sena, com o trabalho ‘Bioeconomia Amazonas’, publicada pela Rede Amazônica.
Além do reconhecimento com o troféu, a etapa estadual do Prêmio Sebrae de Jornalismo 2023 vai premiar os vencedores do Amazonas com passagens aéreas e ajuda de custo para a etapa final do prêmio que acontece em Brasília, caso avancem da etapa regional para a nacional.

Continua após a publicidade..
Participe do nosso grupo no Whatsapp e seja o primeiro a receber as notícias do blog ThomazRural!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Participe do nosso grupo no Whatsapp e seja o primeiro a receber as notícias do blog ThomazRural!


%d blogueiros gostam disto: