Atalaia do Norte adere ao programa Cidade Empreendedora do SEBRAE-AM

Continua após a publicidade..

Atalaia do Norte adere ao programa Cidade Empreendedora
Localizado na região do Alto Solimões, Vale do Javari, o município é o sétimo a aderir ao programa

Em um esforço conjunto para acelerar o desenvolvimento socioeconômico do município de Atalaia do Norte, situado na região do Alto Solimões, o programa Cidade Empreendedora foi oficialmente lançado em uma parceria estratégica entre o Sebrae Amazonas e a Prefeitura Municipal. O evento de lançamento ocorreu na quinta-feira (20/07) na Câmara Municipal de Atalaia do Norte, localizada na rua Augusto Luzeiro, S/N – Centro.

Continua após a publicidade..

Com sua rica biodiversidade e pluralidade cultural, o município de Atalaia do Norte é conhecido como um verdadeiro tesouro do Vale do Javari, sendo uma região com grande potencial de negócios voltados para o turismo e práticas sustentáveis. A adesão ao programa Cidade Empreendedora representa uma esperança para a comunidade local, uma vez que busca não apenas fomentar o empreendedorismo, mas também valorizar a população ribeirinha e as comunidades indígenas, criando oportunidades inclusivas para todos.

Rubeney de Castro Alves, 50 anos, empresário com experiência no setor de turismo de pesca esportiva, ecoturismo e etnoturismo na região do Alto Solimões desde 2017, enfatiza a importância dessa iniciativa para o crescimento regional. “O Cidade Empreendedora é uma oportunidade única para nós, empreendedores, bem como para a população ribeirinha, indígena e não indígena. As capacitações e atividades planejadas serão fundamentais para fortalecermos ainda mais a região do Alto Solimões”, destaca Rubeney, ressaltando a relevância das parcerias entre o setor público e o privado.

O prefeito de Atalaia do Norte, Denis Linder Rojas de Paiva, reforça a importância da parceria com o Sebrae Amazonas para alcançar os objetivos do programa Cidade Empreendedora. “Estamos entusiasmados com essa parceria, pois o programa possibilitará a formação de profissionais e futuros empreendedores em nosso município. Assim vamos melhorar a qualidade de vida de nossos cidadãos, incentivando-os a terem fontes de renda próprias e, inclusive, a abrirem seus próprios negócios”, ressalta o prefeito.

Continua após a publicidade..

Tiago Bezzera Lima, 31 anos, é um exemplo concreto dos benefícios de um empreendedorismo sustentável. Sua empresa utiliza sabores regionais para promover e preservar a culinária amazônica, e com apenas cinco meses de formalização, já empregou 10 moradores locais, a quem ele ensina desde receitas até o atendimento ao público. Para Tiago, o Cidade Empreendedora representa um suporte valioso. “A chegada do Cidade Empreendedora é extremamente oportuna, proporcionando às pessoas da cidade as ferramentas e o conhecimento necessário para fomentar o espírito empreendedor local”, destaca ele, reforçando a importância de capacitar a população para que ela se torne parte ativa do desenvolvimento sustentável da região.

Karina Carvalho, gestora do Programa Cidade Empreendedora do Alto Solimões, explica que o levantamento de demandas do município priorizou o fortalecimento do turismo e a qualificação da população local. “Atalaia do Norte é o segundo município no Alto Solimões a aderir ao programa. Nossa agenda de trabalho contempla mais de 60 atividades até o final do ano, com foco na capacitação dos gestores da prefeitura, dos empreendedores e dos potenciais empreendedores”, revela Karina, destacando que o programa tem uma abordagem inclusiva e participativa para impulsionar o crescimento da região.

As ações planejadas até o final do ano incluem a elaboração do Plano de Ordenamento Turístico (POT), cursos abrangendo diversas áreas, como fotografia, logística, ESG (governança, sustentabilidade e responsabilidade social) e produção no campo. Além disso, oficinas de negócios rurais, capacitação em relações interpessoais e consultoria contábil/financeira para empresários serão disponibilizadas para fortalecer os negócios já existentes e incentivar novos empreendimentos.

Continua após a publicidade..

Dentro do programa Cidade Empreendedora há também a oferta de cursos específicos para operação de máquinas, como escavadeira e motoniveladora, visando qualificar profissionais em áreas-chave da economia local, entre outros.

Com previsão de realizar mais de 60 ações ao longo do período, o programa visa capacitar gestores e empreendedores, promover a desburocratização de processos e implementar políticas públicas que fortaleçam o desenvolvimento sustentável da região. A iniciativa busca criar empregos, gerar renda e fomentar o turismo, além de melhorar a gestão pública do município, contribuindo para a construção de uma economia próspera e inclusiva para todos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



%d blogueiros gostam disto: