Como não são do AGRO apresento sugestão ao Saulo Viana e Bi Garcia

Opinião do BLOG >

Conforme a coluna SIM & NÃO do Jornal ÀCRÍTICA a pauta, em Brasília, foi OBRAS. Faculdade de Medicina no Baixo Amazonas e contenção da ORLA. Durante o BOI, fiz vídeo mostrando como está a obra na Praça do Comuna’s, Buteco e Extra Gole. Falta muito! Segundo informações, para esse trecho o recurso está na CAIXA.

Como tanto o Bi Garcia quanto o Saullo não tem fortes vínculos com o AGRO familiar nem empresarial do AM, recomendaria que ELES mantivessem contato com a UEA, UFAM, IFAM e afins para saber quais os CURSOS de nível superior ligados direta ou indiretamente ao AGRO que os jovens estão sendo formados e já há mercado de trabalho em Parintins e municípios vizinhos.

Esse o principal foco, porque não faz sentido continuar importando alimentos básicos de Santarém. Não faz sentido ter uma população expressiva sem ter o que comer e um restaurante popular abandonado na lama. Aqui sim deve haver novos investimentos, combate à fome que adoece, dificulta o aprendizado e aumenta violência.

A posição geográfica de Parintins é estratégica, tem Embrapa, IDAM, ATEG, UFAM, UEA, IFAM, bancos oficiais (BASA, BB e CAIXA) e cooperativismo de crédito.

Povo bem alimentado vai menos ao hospital. Então, foco é movimentar a economia com a produção do AGRO gerando emprego para quem se forma anualmente nas faculdades já existentes e ligadas ao setor primário.

E tem mais: duvido muito que se fizer a OBRA da Faculdade de Medicina iremos conseguir reter os médicos na Ilha.

Tem um algo antes a fazer. Fica a sugestão para a Câmara debater.

THOMAZ RURAL

Participe do nosso grupo no Whatsapp e seja o primeiro a receber as notícias do blog ThomazRural!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Participe do nosso grupo no Whatsapp e seja o primeiro a receber as notícias do blog ThomazRural!


%d blogueiros gostam disto: