Se assistirem esse video, tenho certeza que o governo estadual vai retirar o desconto de 6% na hora de pagar a subvenção estadual ao juticultor.

Continua após a publicidade..

Opinião do BLOG >

Vendo essa matéria de hoje do GLOBO RURAL sobre nossa fibras de juta e malva, vendo nossos juticultores na batalha diária, fica muito fácil concluir que não faz sentido o governo estadual DESCONTAR 6% no momento que via pagar a SUBVENÇÃO ESTADUAL.

Continua após a publicidade..

Levantei esse tema na última audiência pública (nenhum ambientalista, nenhuma ONG, estava lá para defender o juticultor) pedindo ao diretor da ADS que defendesse junto ao governo estadual a retirada dos 6%.

Tive a boa resposta de que já estava em andamento a retirada dos 6%, mas talvez fosse ficar em 2%.

Não vejo sentido os 2%, não fará falta ao estado, mas fará muita falta ao juticultor que produz fibras biodegradáveis que ensacam nosso café para o mundo.

Continua após a publicidade..

A atividade do juticultor (que não quer sair da atividade pq é a de maior renda anual e não é perecível, tem como estocar) é penosa e de risco, mas ele quer continuar. Essa opinião em ouvi na zona rural de Manacapuru. Então, vamos tirar os 6%.

Bem, os 6% estão na LEI, então, penso que os 24 deputados estaduais não colocaram empecilho para modificar.

Bem, com relação a semente, enquanto avança o estudo da EMBRAPA, UFAM e SEPROR, o estado deveria tentar comprar pelo menos 10 toneladas de sementes.

Continua após a publicidade..

Deveria também ter emenda parlamentar para as cooperativas envolvidas na atividade comprarem sementes.

Veja, abaixo, matéria do GLOBO, vendo as imagens tenho certeza que irão se sensibilizar e tirar os 6%. O governo federal não desconta um centavo sequer quando paga a subvenção federal.

Tenho dúvida se tem, mas se tiver do seringueiro, manejador do pirarucu e piaçabeiro, deveria retirar também. Não fará falta ao governo, mas será de grande utilidade a esses guardiões da floresta. Os que verdadeiramente mantém a floresta em pé.

Continua após a publicidade..

É sempre justo lembrar que o atual governo estadual aumentou o valor da subvenção, incluiu o pirarucu de manejo, e vem pagando a subvenção anualmente, sem o atraso de 5 anos que aconteceu nos governos passados.

THOMAZ RURAL

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



%d blogueiros gostam disto: