Qual foi essa renda? Qual o valor desse projeto? Está desmatado ou conservado em Tapauá? Já chega de brincar com o nosso guardião da floresta. ALEAM tem que agir rapidamente…

Opinião do BLOG >

Desafio encontrar nessa matéria a valor da “renda” que esses indígenas tiveram. Fala em valor agregado, mas que valor foi esse pago a eles?

A matéria fala em um projeto do IDESAM, mas não fala qual o valor aplicado nesse projeto?

Seria bom ter esses valores para comparar VALOR DO PROJETO x RENDA DO INDÍGENA. Qual a fonte de recurso? Se eu fosse deputado certamente procuraria conhecer esses números.

Tem uma parte da matéria afirmando que o “desmatamento aumenta ano após ano em Tapauá...”, em outra parte diz que “…Tapauá tem bastante potencial por ainda ser um município bastante conservado...”. Isso é brincadeira, tá desmatado ou tá conservado?

A sala de monitoramento do IPAAM pode esclarecer, e certamente vai dizer que está conservado.

A matéria fala que o projeto está em vigência e outras comunidades serão atendidas.

Desafio está lançado, leiam a matéria e me mostrem qual o valor do projeto e qual a renda dos indígenas.

Por fim, tem uma declaração interessante na matéria: “...ainda assim o preço da copaíba é bastante baixo...”.

Já chegamos a 58% de pobres no Amazonas, não dá mais pra assistir essa brincadeira com nossos guardiões da floresta.

Fica a reflexão para os vereadores, deputados estaduais, federais e senadores. O FUNDO AMAZÔNIA tá chegando de novo.

De olho…

Essa matéria está no Jornal ÀCRÍTICA deste domingo.

THOMAZ RURAL

Participe do nosso grupo no Whatsapp e seja o primeiro a receber as notícias do blog ThomazRural!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Participe do nosso grupo no Whatsapp e seja o primeiro a receber as notícias do blog ThomazRural!


%d blogueiros gostam disto: