“…proposta é profissionalizar os produtores rurais e extrativistas…”, afirmou Petrucio Magalhães durante DIA DE CAMPO em Anamã

Continua após a publicidade..

Governo do Amazonas, OCB/AM e demais parceiros, promovem Dia de Campo da cadeia produtiva do açaí com cerca de 200 produtores rurais

O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Produção Rural (Sepror), em parceria com a Organização das Cooperativas do Brasil no Amazonas (OCB/AM), promoveram, na sexta-feira (14/04), o Dia de Campo do Açaí, na comunidade do Arixi, situado no município de Anamã (a 165 quilômetros de Manaus).

Continua após a publicidade..

O evento foi idealizado pela Cooperativa dos Produtores Extrativistas do Médio Solimões (Coopems), contando com a participação de cerca de 200 produtores rurais da região. No local, foram realizadas diversas atividades, como palestra sobre a adubação da cultura do açaí; indicação geográfica como ferramenta de proteção e valorização do açaí em Anamã; o açaí extrativista, cultivo, tendências e desafios; e boas práticas na produção, transporte e comercialização do açaí, além de oficinas práticas em campo.

O secretário da Sepror, Petrucio Magalhães Júnior, disse que o Dia de Campo é fruto de um planejamento do Programa Agro Amazonas, do Governo do Estado, que busca apoiar e estimular ainda mais a cadeia do açaí na região.

“Estamos começando em Anamã, mas iremos a Anori, Codajás e Coari, pois esses municípios tem um potencial muito grande na produção do açaí nativo e, também, do açaí cultivado. A proposta é profissionalizar os produtores rurais e extrativistas para que aumentem a produtividade e a qualidade de forma sustentável “, ressalta Petrucio.

Continua após a publicidade..

De acordo com dados da Coopems, somente nos meses de março, abril e maio de 2022, foram produzidos mais de 212 mil quilos de açaí. A estimativa para a safra de 2023/2024 é de aproximadamente 560 mil quilos, buscando gerar cerca de R$ 1,3 milhões de reais em recursos financeiros na comunidade do Arixi, somente com o açaí.

Segundo o presidente da Coopems, Edilson Fernandes, é importante adequar o produtor rural e o beneficiador dentro dos padrões técnicos da vigilância sanitária. E que também, através do Dia de Campo, eles possam agregar ainda mais valor ao produto para que os extrativistas consigam vender com um melhor preço no mercado.

“O nosso objetivo maior é mostrar para a sociedade a potencialidade do nosso município, não somente do açaí, mais também de outras culturas como a banana e a macaxeira. Anamã tem potencialidade produtiva e tem açaí de qualidade”, finaliza.

Continua após a publicidade..

O evento também contou com o apoio da Prefeitura de Anamã; Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável (Idam); Superintendência Federal da Agricultura no Amazonas (SFA/MAPA); Companhia Nacional de Abastecimento no Amazonas (Conab/AM); Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa); Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Amazonas (Sebrae/AM).

FOTOS: Emerson Martins / Sepror

Contato para a imprensa: Assessoria de Comunicação da Secretaria de Estado de Produção Rural (Sepror):Mayana Tomaz

Continua após a publicidade..

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



%d blogueiros gostam disto: