Se não descermos do palanque a pobreza só vai aumentar no AM, pois esses DOIS problemas já vem de longas datas…

Continua após a publicidade..

Ou descemos do palanque, paramos com o individualismo ou vamos continuar assistindo a pobreza aumentar no Amazonas.

Vi o vídeo do deputado federal Sidney Leite, que já foi vice-prefeito, prefeito, deputado estadual, secretário de produção e agora deputado federal.

Continua após a publicidade..

Ele aponta que o problema para chegar o dinheiro na ponta, no produtor rural é o LICENCIAMENTO AMBIENTAL e a REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA. Todos nós sabemos disso, não é nenhuma novidade, e não é de hoje. Já vem de décadas e não conseguimos resolver. TODOS NÓS TEMOS CULPA, não adianta culpar A ou B.

Será que vamos resolver AGORA?

Espero que sim, mas se tiver que marcar um X, marcaria na RESPOSTA NÃO, pelo simples fato das nossas autoridades não terem focado no AGRO familiar e empresarial ao longos de 56 anos do modelo PIM/ZFM.

Continua após a publicidade..

Algumas perguntas:

  • Quem lutou para ter o ZEE nos últimos 20 anos?
  • Desde 1999, temos o pior desempenho no acesso ao crédito rural por problemas de licença ambiental e regularização fundiária. O que foi feito para ultrapassar essas barreiras?
  • Quem questionou um bolsa floresta miséria de 50 reais por longos 15 anos sem aumento?
  • Quem convenceu os governos passados a aderir o Garantia Safra do governo federal que existia há 20 anos? Esse protege o ribeirinho das enchentes;
  • Quem lutou para o AM tem o ZARC?
  • Quem deixou o AM sem EXPOAGRO por 6 anos?
  • Quem deixou de pagar a subvenção de centavos por 6 anos?

Se esse feijão com arroz não fizemos, será que agora vamos usar a tecnologia para agilizar o licenciamento ambiental e a regularização fundiária?

Então, não adianta culpar o atual governo estadual sobre a licença ambiental e regularização fundiária quando o problema também não foi resolvido pelo governos passados. Mas o governo atual aderiu ao Garantia Safra e, pelo menos, fala sobre o ZEE e pede sua execução no AM. Antes, nem se falava em ZEE. Infelizmente a área ambiental do estado, desde 2003, vem enrolando os governadores (TODOS), mas principalmente postergando vida melhor ao homem do interior.

Continua após a publicidade..

O Sidney tá correto quando fala do que aconteceu no IDAM, um absurdo que precisa ser apurado e responsabilizar, se houver culpado, mas faz tempo que venho pedindo da Assembleia para blindar o IDAM de indicações políticas irresponsáveis, tem que ser do jeito que é feito com a Conab e com a Embrapa. A maioria dos cargos só são ocupados por gente da casa. Assim a gente vira a chave e faz diminuir a pobreza do Amazonas que, em 2019, quando o governo atual assumiu já estava em quase 50%, agora 58%. Passa pelo IDAM a virado econômica do Amazonas, mas se não estancarem o uso político do órgão isso nunca vai chegar.

ZEE, LA e RF urgente e com união de TODOS, mas de olho na área ambiental que, acredito, não quer isso desde 2003. Se os outros estados fizeram, até o Acre da ministra Marina Silva já tem o ZEE desde 2010. Não é estranho o AM não ter?

2 thoughts on “Se não descermos do palanque a pobreza só vai aumentar no AM, pois esses DOIS problemas já vem de longas datas…

  • abril 10, 2023 em 2:50 am
    Permalink

    O estado do Amazonas, há décadas vem passando por um descaso na área rural os municípios pelo pouco incentivo e aplicado de forma irregular torna os municípios sem capacidade de auto se sustentar, pois não existe cadeia de produção de alimentos necessários para sobrevivência do nosso povo, pois o alimento a maioria vem de fora. Ai tem políticos que em seus discursos priorizam em falar bem da região Sul de nosos país. Gostaria que olhassem as questões, começando do crédito rural, vejam qual o recurso destinado por município pela quantidade de produtores existentes em cada município para vocês terem uma ideia. Passando para regularização Fundiária aí a coisa passa do limite os agricultores que cultivam a terra a mais de 30 a 50 anos nunca tiveram a oportunidade de ter seus lotes legalizados mas os grandes latifundiários desse estado todos já possuem documentos de suas terras pois dentro dos órgãos de regularização e os cartórios expedem documentos com facilidade para quem tem recursos, o agricultor que tem pouco conhecimento e não dispõe de recursos para pagar a documentação de seu lote fica vivendo como posseiro até o final de sua vida. Tenho muita coisa pra descrever porém não adianta pois não vai mudar em nada.

    Resposta
  • abril 10, 2023 em 11:09 am
    Permalink

    O Povo possui Culpa, ao Eleger Seres sem o Menor Comprometimento com as Nossas Particularidades!
    Ao Eleger Pastores Enganadores! Ao Eleger Engomadinhos! Ao Eleger Seres de Outros Estados da Federação, que estão Aqui, Apenas, Para Fazer Dinheiro! …
    Dizer que o Povo Vota Errado por Não Ter Conhecimento, Cultura, … é um Absurdo!
    O Povo Vota Nesses Seres, por ser Conivente com essas Práticas!
    Precisamos Despertar do Berço Esplêndido e Verificar que a Boiada Continua Passando!

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



%d blogueiros gostam disto: