Saímos de R$ 62 para R$ 144 milhões. É pouco, um bom sinal, mas temos muito a DESTRAVAR por aqui…

Continua após a publicidade..

Opinião do BLOG >

Todo ano tem esse ritual entre o Banco da Amazônia e o Governo Estadual. Mais um bilhão que a instituição financeira coloca a disposição do Amazonas. Todos nós que vivemos o setor do AGRO familiar e empresarial já sabemos o que trava o maior acesso ao crédito rural, não vou repetir.

Continua após a publicidade..

O lado bom é que as instituições financeiras já dizem abertamente o que impede o produtor rural do Amazonas em acessar, fato que não acontece em vizinhos da mesma região e com mesmo código florestal. Já é um avanço!

Agora, o que me chamou atenção positivamente nesse slide apresentado pelo Banco da Amazônia ao governador Wilson Lima foi o crescimento no valor financeiro das contratações da atividade RURAL, mesmo ciente de que o valor é pequeno e um dos menores do Brasil. Em tempos de pandemia.

Saímos de 62 milhões para 144 milhões no Amazonas entre 2018 e 2022.

Continua após a publicidade..

Gostaria de ter acesso aos números do BB e da CAIXA. Penso que estão muito distante do nosso produtor, e as cooperativas de crédito vem crescendo.

Já é um avanço, espero que os recursos do Fundo Amazônia venham para destravar o que vem impedindo (e que já sabemos o que é) o acesso do nosso produtor as bilhões do crédito rural.

O Amazonas precisa produzir alimentos! E o IDAM/SEPROR é peça fundamental nesse crescimento. Tem que levar as autoridades internacionais para conhecerem o IDAM/SEPROR, as Unidades Locais. Lá tem projetos verdadeiros que mudam a vida das pessoas. Levem os alemães e os americanos para bater um papo com o Everton da Embrapa. Lá tem tecnologias sustentáveis importantíssimas. É pra lá que o $ tem que ir….

Continua após a publicidade..

Os alemães e americanos só ouvem o lado ambiental, esse tá resolvido no Amazonas com os 97% preservado. Tem que bater papo com quem entende de geração de renda DIGNA, não de miséria.

THOMAZ RURAL

Continua após a publicidade..

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



%d blogueiros gostam disto: