SENAR-AM já esta apto junto ao BASA para apresentar projetos de financiamento dos produtores atendidos pela ATeG

Continua após a publicidade..

O presidente do Senar-AR/AM, Muni Lourenço e a superintendente do Senar-AR/AM, Jeyn’s Alves, se reuniram nesta quinta-feira, 16, com o superintendente do Banco da Amazônia (Basa), Esmar Prado, para a assinatura do termo de credenciamento que torna o Senar Amazonas apto à elaboração de projetos de financiamento com fins de obtenção de crédito rural por parte dos produtores atendidos pelo programa de Assistência Técnica e Gerencial (ATeG).

Com essa assinatura, o Senar Amazonas se tornou a primeira administração regional da instituição na região norte a se credenciar perante o Banco da Amazônia para esse tipo de projeto. A reunião para assinatura do termo foi realizada na sede da superintendência do Banco da Amazônia, no Amazonas, e contou com a presença do gerente do Basa, Éden Sávio.

Continua após a publicidade..

A formalização do credenciamento ocorreu após uma série de tratativas que se intensificaram em julho de 2022 quando, em uma iniciativa inédita, o Senar-AR/AM deu início, em parceria com o Basa, ao 1º treinamento em padronização de procedimento em projetos e planilhas do Pronaf. O treinamento, que foi o primeiro deste tipo no norte do País, foi direcionado aos técnicos de campo que atuam no programa de ATeG.

O objetivo foi capacitar os profissionais na elaboração de projetos de financiamento de qualidade de forma que eles possam auxiliar os produtores rurais atendidos pelo programa e, ao mesmo tempo, atender às expectativas da instituição financeira.

Na ocasião, o presidente do Senar-AR/AM, Muni Lourenço falou da importância da iniciativa. “Esse treinamento é fruto de um planejamento que já tem um certo tempo onde nós identificamos essa possibilidade de agregar à ATeG mais um componente que ao nosso ver pode ser muito oportuno para o trabalho que já vem sendo feito. Os técnicos da ATeG poderão elaborar projetos de financiamento dentro das linhas de crédito que o Basa operacionaliza para produtores que tem a nossa assistência. Isso é algo muito especial”, avaliou, Muni Lourenço, que também preside a Comissão da Região Norte da CNA.

Continua após a publicidade..

ATeG

A ATeG é um modelo inédito de prestação de serviços de assistência técnica continuada, fundamentada em 5 passos: Diagnóstico Produtivo Individualizado, Planejamento Estratégico, Adequação Tecnológica, Capacitação Profissional Complementar e Avaliação Sistemática de Resultados.

Desenvolvidos com foco na implantação de um modelo de operação e gestão das propriedades rurais, englobando todos os processos da cadeia produtiva, possibilitando a realização de ações efetivas, nas áreas econômica, social e ambiental, e nos processos de gestão de negócio, visando proporcionar a evolução socioeconômica da família e da comunidade.

Continua após a publicidade..

No Amazonas, a ATeG já atendeu mais de 1,5 mil propriedades em 21 municípios amazonenses e já foram realizadas mais de 16 mil visitas técnicas. Em 2022, 49 turmas foram executadas ou estão em andamento até o momento. São 8 cadeias produtivas: fruticultura, olericultura, avicultura, bovinocultura de leite, bovinocultura de corte, piscicultura e grãos e cereais.

Texto: Comunicação – Faea Senar Fundepec/AM

[email protected]

Continua após a publicidade..

https://sistemafaeasenar.org.br/noticias-senar/senar-am-se-credencia-junto-ao-banco-da-amazonia-para-elaboracao-de-projetos-de-financiamento-para-produtores-rurais-atendidos-pela-ateg-no-amazonas

@sistemafaeasenar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



%d blogueiros gostam disto: